Mario Yamasaki, árbitro do UFC, revela o segredo do sucesso de seus negócios – iCrowdNewswire
 
x

RSS Newsfeeds

See all RSS Newsfeeds

Dec 7, 2017 1:20 PM ET

Mario Yamasaki, árbitro do UFC, revela o segredo do sucesso de seus negócios

iCrowdNewswire - Dec 7, 2017

“Sou um cara criativo, sou mutante. O homem que para padece. Antigamente eu falava que eu queria me aposentar com 45 anos de idade e não fazer mais nada na vida. Eu estou com 53 e acho que se eu parasse eu já estava morto”, essa frase resume muito bem a mente criativa e em pleno movimento de Mario Yamasaki.

O entrevistado da série TurnAround é árbitro de artes marciais mistas licenciado em vários estados dos Estados Unidos, mais reconhecido pelo seu trabalho no Ultimate Fighting Championship (UFC). Ele é fundador e instrutor-chefe da Academia Yamasaki com várias unidades espalhadas pelo mundo e também atua na Construção Civil. Yamasaki é um veterano de mais de 400 lutas no UFC, Strikeforce, WEC, EliteXC e Pride Fighting Championships.

A carreira profissional de Mario Yamasaki começou no ano de 1994, nos Estados Unidos, como árbitro de vale-tudo. Em 1998, ajudou a trazer o UFC ao Brasil, e com o apoio de “Big” John McCarthy, no dia 7 de maio de 1999, estreava como árbitro oficial do evento, no UFC 20. Em plena evolução e com negócios em outros segmentos, além das artes marciais, Yamasaki também é um investidor-anjo que estimula a criação de negócios inovadores.

Nesta entrevista da série TurnAround, Mario revela as atitudes que teve para mudar seu mindset de aposentadoria aos 45 anos de idade e como está em plena atividade aos 53 e com muitos projetos futuros.

Edgar Ueda: Você falou uma coisa que eu comento muito nos meus vídeos que é incomodar. Você tinha esse sentimento de incômodo o tempo todo no momento em que você não estava evoluindo. Como era esse sentimento de incômodo? Te dava motivação?

Mario Yamasaki: Acho que as pessoas são diferentes, vejo pelos meu amigos e minha família com características diferentes. Minha característica é que sou um cara que não gosto de ficar parado. Se estou fazendo a mesmice das coisas, não consigo continuar. Sempre gosto de criar. Quando eu fiz coaching descobri que a minha maior grandeza é a criatividade. Uso isso para os meus negócios.

Edgar Ueda: Você veio do berço de artes marciais e também é oriental. Então a disciplina está muito incorporada. Isso contribuiu? Disciplina é uma característica que faz você crescer, evoluir? Como você enxerga a disciplina no seu crescimento?

Mario Yamasaki: Eu acho que a disciplina é importantíssima, é o foco. Sem a disciplina você não consegue chegar em nenhum lugar. No seu corpo, na sua alimentação, no seu negócio. Com disciplina você consegue amarrar um pouco mais as coisas. Sem ela fica meio jogado. A arte marcial te dá o equilíbrio para você conseguir se concentrar nas horas de desespero. Você aprende a pensar antes de agir. Às vezes a gente age por impulso e acaba não dando certo. Acho que a arte marcial me deu tudo isso. Equilíbrio, coordenação motora e disciplina para eu conseguir fazer as coisas funcionarem.

Edgar Ueda: Você é uma referência no Brasil e uma das maiores do mundo em seu segmento. Está no maior esporte de MMA do mundo. O que tem mais? Você chegou onde queria? É hoje um empresário que contribui com outros investimentos provocando mudanças nas pessoas. Quais são as suas novas aspirações?

Mario Yamasaki: Como sou um cara criativo, sou mutante. O homem que para padece, ele morre. Antigamente eu falava que eu queria me aposentar com 45 anos de idade e não queria fazer mais nada na vida. Eu estou com 53 e acho que se eu parasse eu já estava morto. Não consigo isso. Estou sempre em busca de evolução, em busca de novos negócios e de novos horizontes. Não gosto de ficar parado. Estou entrando num mercado novo hoje, o digital. Mais para conhecimento mesmo, pois já tenho os meus negócios andando. Sempre estou vendo coisas novas. Estou me reinventando. O negócio para mim nem é deixar dinheiro, é deixar um legado. Deixar o meu nome marcado na história de alguma coisa. No MMA já consegui escrever meu nome lá. Hoje eu quero mudar isso e deixar outras coisas boas para as pessoas.

Edgar Ueda: Aproveitando essa missão de deixar algo, qual seria a mensagem que você deixa para que as pessoas saiam do ponto onde elas estão hoje?

Mario Yamasaki: Primeiro você deve saber quem você é, o que quer e onde você quer chegar. Às vezes a gente acha que o cara do lado está feliz, por ter dinheiro ou negócios, mas às vezes você está mais feliz que ele. Não sabemos os problemas que ele têm. Então temos que nos entender primeiro e traçar um rumo. Se você está num lugar que está feliz para quê tentar outra coisa? Acho que você tem que sempre olhar as três ou quatro portas que estão à sua frente. Teste todas e veja o que gosta. Tenha atitude de pensar fora da caixa, sair para procurar uma coisa nova é ótimo, mas nunca esqueça de onde está e o que você é.

Quer sempre ficar atualizado sobre o TurnAround de pessoas de sucesso e ainda receber conteúdo transformador? Inscreva-se agora no canal do Edgar Ueda no YouTube (https://goo.gl/RYn5LW), ative o sininho e você sempre terá informações de como mudar a sua vida. Assista a entrevista completa logo abaixo e não esqueça de deixar o seu like.

Acompanhe as nossas redes sociais e saiba em primeira mão novidades sobre o pré-lançamento do livro sobre TurnAround de Edgar Ueda, que acontece em 2018.

Website: http://www.edgarueda.com.br

Via iCrowdNewswire
Tags: , Wire
View Related News >