x

RSS Newsfeeds

See all RSS Newsfeeds

Campaign Location

BNamericas ( XML Feed )

Nov 6, 2015 3:00 EST

Dassault Systèmes registra forte crescimento do lucro por ação no terceiro trimestre

iCrowdNewswire - Nov 6, 2015

Dassault Systèmes registra forte crescimento do lucro por ação no terceiro trimestre

A Dassault Systèmes, a empresa 3DEXPERIENCE, líder mundial em software de projeto 3D, 3D Digital Mock Up and Product Lifecycle Management (PLM), anuncia os resultados financeiros não auditados para o terceiro trimestre de 2015. Esses resultados foram revisados pelo Conselho de Administração da Empresa e os destaques do período são:

  • Lucro por Ação (EPS) não IFRS do terceiro trimestre aumentou em 29%, para €0,58
  • Crescimento da receita do terceiro trimestre liderado pela Europa e pelas Américas com base em ampla demanda regional
  • Forte dinâmica nas indústrias de Diversificação e Aeroespacial & Defesa no terceiro trimestre
  • Receita não IFRS de novas licenças orgânicas aumentou em 9% no terceiro trimestre e 11% no acumulado do ano em moedas constantes
  • Fluxo de caixa operacional líquido de €113 milhões no terceiro trimestre e de €530 milhões no acumulado do ano
  • Objetivos financeiros de 2015 confirmados e atualizados de acordo com a reversão da evolução monetária e da reserva fiscal do terceiro trimestre
  • Objetivo de crescimento do EPS não IFRS de 2015 de 21% (€2,20 por ação diluída)

 

“A 3DEXPERIENCE e as nossas experiências de soluções para a indústria estão acionando novos níveis de engajamento com nossos clientes, criando parcerias para auxiliá-los a inovar, aperfeiçoar e transformar seus negócios”, afirma Bernard Charlès, Presidente e Diretor Executivo da Dassault Systèmes.

 

“As implantações estão fazendo uma diferença significativa para nossos clientes, reduzindo o tempo de ciclo de desenvolvimento do programa em mais de 50% em alguns casos, ou otimizando custos e a confiabilidade de produtos de modo muito significativo, com a DELMIA, por exemplo. No contexto geral de fabricação digital, estamos fornecendo forte suporte para nossos clientes, ajudando-os a alavancar oportunidades de primeira linha, tal como aperfeiçoamentos fundamentais”, diz Bernard Charlès.

 

“Estamos investindo em diversas de nossas marcas, mais particularmente na ENOVIA, centrada em aperfeiçoar os negócios de nossos clientes e, por sua vez, criar uma plataforma mais ampla para o crescimento da Dassault Systèmes. Acreditamos que tais oportunidades estão construindo uma longa pista para a expansão de receitas nos anos vindouros. Mais importante, estão nos entregando uma dinâmica melhorada e permitem que confirmemos nossos objetivos financeiros”, afirma.

 

Outros destaques as empresa no trimestre:

 

  • As receitas totais IFRS aumentaram 11%. Em uma base não IFRS, a receita total aumentou 9%, com crescimento de renda de software de 9% e crescimento de receitas de serviços e outras de 13%. (Todas as taxas de crescimento em moedas constantes.)

 

  • Em uma base regional, a Europa e as Américas lideraram o crescimento da receita, com a receita total não IFRS acrescida em 13% e 12%, respectivamente. Na Europa, a empresa teve crescimento em todas as regiões. O crescimento nas Américas foi bem sustentado pela América do Norte e pela América Latina. Na Ásia, a receita total não IFRS foi estável, na comparação com um forte ano anterior. (Todas as comparações de crescimento são feitas em moedas constantes.)

 

  • A receita de licenças novas não IFRS aumentou em 11% (9% orgânica), com base em um forte crescimento na Europa e bem sustentado pelas Américas. Licenças, manutenção e outras receitas não IFRS relacionadas a software aumentaram em 8%. (Todas as comparações de crescimento são feitas em moedas constantes.)

 

  • Por linha de produto, a receita de software não IFRS aumentou em 3% para CATIA, em crescimento na Europa, compensado por um nível menor de atividade na Ásia; A ENOVIA aumentou 8% em programas de 3DEXPERIENCE com clientes. Os demais softwares aumentaram18%, com forte desempenho da DELMIA e da BIOVIA, bem sustentadas pela SIMULIA e pela adição da Quintiq, que foi adquirida em setembro de 2014. O crescimento da receita do software SOLIDWORKS foi de 9%. (Todas as comparações de crescimento são feitas em moedas constantes.)

 

  • A receita operacional IFRS aumentou 45%, para €148,8 milhões. A receita operacional não IFRS aumentou 24%, para €213,7 milhões, em crescimento de receita, benefícios cambiais e expansão de margem operacional. Especificamente, a margem operacional não IFRS aumentou de 29,7% para 31,2%, beneficiado principalmente por melhorias cambiais e de margem operacional orgânica, parcialmente compensada pela diluição de aquisição.

 

  • Durante o terceiro trimestre, as taxas de impostos reais IFRS e não IFRS da empresa foram beneficiadas pela reversão das reservas tributárias relacionadas à completude das auditorias fiscais dos anos anteriores. Consequentemente, as taxas de impostos reais IFRS e não IFRS diminuíram para 28,3% e 29,9%, respectivamente, no terceiro trimestre de 2015 em comparação com 33,6% e 34,3%, respectivamente, no terceiro trimestre do ano anterior.

 

  • O resultado líquido diluído IFRS por ação aumentou 46%, para €0,41 por ação, comparado com €0,28 por ação no mesmo período do ano anterior. O resultado líquido diluído não IFRS por ação aumentou 29%, para €0,58, em comparação com €0,45 por ação no terceiro trimestre de 2014 em aumento de receita.

 

  • A receita total IFRS aumentou 15%. A receita total não IFRS aumentou 14%, com o crescimento da receita de software de 13% e crescimento de serviços e outras receitas de 23%. Comparações ano a ano refletem a inclusão da BIOVIA (Accelrys) desde abril de 2014 e da Quintiq desde setembro de 2014. (Todas as comparações de crescimento são feitas em moedas constantes.)

 

  • Excluindo aquisições, e em moeda constante, a receita de software não IFRS aumentou 8%, com o crescimento de receita de software não IFRS de 11% e crescimento de receita de outros programas, manutenção e periódica de 7% para o período de nove meses de 2015.

 

  • Durante os nove primeiros meses de 2015, o crescimento da empresa foi bem sustentado tanto por suas indústrias principais,especialmente Transporte & Mobilidade e Aeroespacial & Defesa, quanto por suas indústrias diversificadas, particularmente Energia, Processos & Serviços Públicos, Ciências da Vida, CPG Marítimo & Offshore.

 

  • No plano regional, para o período de nove meses, o crescimento foi relativamente balanceado nas três regiões, tanto da perspectiva total de software quanto da de software orgânico. (Todas as taxas de crescimento estão em moedas constantes.)

 

  • A receita de software não IFRS aumentou 13%, com crescimento de receita de novas licenças de 17%. Houve um aumento de 12% em licenças periódicas, manutenções e outras receitas não IFRS relacionadas a softwares, com uma forte presença nas três regiões. Receitas de software recorrentes representaram 72% das receitas totais de software para o período de nove meses de 2015. (Todas as comparações de crescimento são feitas em moedas constantes.)

 

  • Por linha de produto, a receita de software não IFRS aumentou 4% para CATIA, 12% para SOLIDWORKS, 2% para ENOVIA, e 35% para outros Softwares, incluindo as aquisições da Quintiq e da Accelrys de 2014. Em termos orgânicos, outros softwares aumentaram 13%. (Todas as comparações de crescimento são feitas em moedas constantes.)

 

  • A receita operacional não IFRS aumentou 26%, para €597,8 milhões, e a margem operacional não IFRS foi de 28,8%, em comparação com 28,7% no período de nove meses de 2014. A empresa observou que, em termos orgânicos, a margem operacional não IFRS aumentou cerca de 80 pontos-base no acumulado do ano, refletindo o foco em impulsionar melhorias na eficiência e na produtividade operacional da Dassault Systèmes.

 

  • As receitas financeiras não IFRS e demais tiveram um total líquido de €2,7 milhões, em comparação com €11,2 milhões no período de nove meses de 2014, refletindo perdas de câmbio mais elevadas e receitas de juros líquidas mais baixas.

 

  • O resultado líquido diluído IFRS por ação aumentou 44%. O resultado líquido diluído não IFRS por ação aumentou 24%, para €1,54 por ação diluída. As receitas líquidas IFRS e não IFRS refletiram forte crescimento de receitas, sendo a influência positiva derivada de câmbio e expansão da margem operacional orgânica.

 

Informações prospectivas

As afirmações contidas neste documento que não sejam fatos históricos, mas que expressam expectativas ou objetivos para o futuro, incluindo, mas não sendo limitadas, declarações relativas aos objetivos de desempenho financeiro não IFRS da Empresa, são declarações prospectivas.

Tais declarações prospectivas são baseadas nas opiniões e premissas atuais de gestão da Dassault Systèmes e envolvem riscos e incertezas conhecidos e desconhecidos. Os resultados atuais ou performances podem diferir materialmente daqueles em tais declarações, devido a uma série de fatores. A atual perspectiva da Empresa para 2015 leva em consideração, entre outras coisas, um ambiente econômico global incerto. À luz das incertezas que ainda persistem na economia, negócios, condições sociais e geopolíticas a nível mundial, a receita, o lucro líquido e os fluxos de caixa da Empresa podem crescer mais lentamente, quer seja numa base anual ou trimestral. Embora a Companhia faça todos os esforços para tomar em consideração este cenário macroeconômico incerto, os resultados dos negócios da Empresa, no entanto, podem não se desenvolver como previsto.

 

Além disso, devido a fatores que afetam as vendas de produtos e serviços da Empresa, conforme descrito acima, pode haver um lapso de tempo considerável entre a melhoria das condições econômicas e de negócios globais e uma recuperação no resultado dos negócios da Companhia.

Na preparação de tais declarações prospectivas, a Empresa assumiu em particular um dólar médio à taxa de câmbio do euro de US$1,15 por €1,00 para o terceiro trimestre de 2015 e de US$1,12 por €1,00 para todo o ano, bem como um iene japonês médio para taxa de JPY135.0 para €1,00 para o quatro trimestre e JPY134.8 para €1,00 para o ano inteiro de câmbio do euro; no entanto, os valores da moeda flutuam e os resultados das operações da Empresa podem ser significativamente afetados pelas mudanças nas taxas de câmbio.

Os resultados ou desempenho atuais da Empresa também podem ser afetados negativamente por numerosos riscos e incertezas, conforme descritos na seção “Fatores de Risco” do Document de Référence de 2014, arquivado com a AMF em 24 de março de 2015 e também disponível no site: www.3ds.com.

 

Sobre a Dassault Systèmes

A Dassault Systèmes, a empresa 3DEXPERIENCE, fornece para empresas e pessoas universos virtuais para a criação de inovações sustentáveis. Suas soluções conhecidas mundialmente transformam a forma como produtos são desenvolvidos, produzidos e gerenciados. As soluções colaborativas da Dassault Systèmes incentivam a inovação social, ampliando as possibilidades de aprimorar o mundo real por meio do mundo virtual. A empresa entrega valor a mais de 190.000 clientes de todos os portes e indústrias, em mais de 140 países. Para obter mais informações, acesse www.3ds.com/pt-br.

3DEXPERIENCE, CATIA, SOLIDWORKS, ENOVIA, DELMIA, SIMULIA, GEOVIA, EXALEAD, 3D VIA, 3DSWYM, BIOVIA, NETVIBES são marcas registradas da Dassault Systèmes e/ou de suas subsidiárias nos Estados Unidos e/ou em outros países.

 

 

PLANIN – Assessoria de Imprensa da Dassault Systèmes

Angélica Consiglio e equipe – Tel.: (11) 2138-8900 – www.planin.com

Contatos: Pedro Ulsen e Bruna Ouchi – [email protected] – (11) 2138-8947

 

 

Contact Information:

Pedro Ulsen
Bruna Ouchi
[email protected]
(11) 2138-8947

View Related News >
support