Certificações internacionais para alunos de medicina garantem atendimentos mais seguros em urgência e emergência – iCrowdNewswire
Spain Brazil Russia France Germany China Korea Japan

Artificial Intelligence driven Marketing Communications

Sep 11, 2019 3:40 PM ET

Certificações internacionais para alunos de medicina garantem atendimentos mais seguros em urgência e emergência


iCrowd Newswire - Sep 11, 2019

Um dos primeiros empregos de um recém-formado em medicina é dar plantão em um pronto atendimento ou serviço de emergência.

Os novos médicos necessitam de formação e preparo para situações de extrema gravidade.

Segundo informações publicadas pela OMS (Organização Mundial da Saúde), 17,5 milhões de pessoas morrem anualmente no mundo em consequência de doenças cardíacas. Só no Brasil, até meados de 2018, foram mais de 260 mil pessoas mortes. Os dados foram divulgados na campanha Coração Alerta, da Sociedade Brasileira de Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista (SBHCI), que já previa aproximadamente 400 mil mortes até o final do ano passado.  

Certificações internacionais para atendimento em urgências são conferidas habitualmente apenas para profissionais já formados. Neles, a sistematização de protocolos de assistência garante um melhor atendimento em urgência e emergência.

Na FACERES, faculdade de medicina em São José do Rio Preto (SP), os alunos saem obrigatoriamente certificados pela American Heart Association (A.H.A.):

– BLS (Basic Life Support / Suporte Básico de Vida),

– ACLS (Advanced Cardiovascular Life Support / Suporte Avançado de Vida em Cardiologia) e

– PALS (Pediatric Advanced Life Support / Suporte Avançado de Vida em Pediatria).

É a primeira faculdade de medicina do Brasil a inserir estas certificações na matriz curricular da graduação. O acadêmico do 6º ano do curso de medicina FACERES é treinado para prestar atendimento conforme protocolos internacionais. “A FACERES é uma das raras faculdades do Brasil em que os alunos obtêm obrigatoriamente essa competência profissional, em aulas que fazem parte da matriz curricular de ensino. Ao término da graduação, eles saem formados com essas certificações”, explica Dr. Toufic Anbar Neto, diretor da faculdade.

Para isso ocorrer, a faculdade foi credenciada pela A.H.A. e promoveu o treinamento dos seus docentes, que hoje são habilitados como instrutores. Para a estudante do sexto ano do curso de medicina FACERES, Ana Thereza Soares de Oliveira, é uma competência fundamental para o exercício da profissão. “Sair com essas certificações nos deixa mais confiantes no atendimento”.

O aluno tem aulas teóricas e exercícios práticos em sequência direta, facilitando a compreensão da relação entre a teoria e sua aplicação. “Com as certificações no currículo, os médicos da FACERES são mais qualificados a partir do momento em que se formam, pois a capacitação por meio de protocolos internacionais exige competência e conhecimento de médico generalista recém-formado, o que motiva este profissional”, diz o professor dos cursos de certificação do A.H.A. da FACERES, o cardiologista Alfredo de Paula Neto.

Vestibular

As inscrições para o vestibular de medicina FACERES 2020 estão abertas, oferecendo 60 vagas, período integral, para ingresso no 1º semestre letivo de 2020.

A prova, marcada para o dia 06 de outubro de 2019, será aplicada nas cidades de São José do Rio Preto, São Paulo (capital) Florianópolis e Goiânia.

As inscrições podem ser feitas até o dia 25 de setembro de 2019, pelo site da faculdade: www.faceres.com.br 

 

Website: https://faceres.com.br








iCrowdNewswire




Tags:    Wire, Portuguese