iCrowdNewswire
Spain Brazil Russia France Germany China Korea Japan

Artificial Intelligence driven Marketing Communications

Aug 20, 2019 1:20 PM ET

Com a aplicação correta do visagismo, a escolha do corte de cabelo perfeito pode ser muito mais fácil do que parece


iCrowd Newswire - Aug 20, 2019

Homens e mulheres buscam cada vez mais os serviços de beleza e bem-estar, assim como produtos para os cuidados pessoais. Estudos realizados pela ABIHPEC em conjunto com o Sebrae em 2018, mostram que essa tendência continuará 2019/2020.

Com uma demanda em crescimento, e um cenário econômico que ainda apresenta dúvidas, encontramos muitos profissionais novos atuando nessa área. Assim como acontece em outros segmentos da economia, encontram-se profissionais de diversos níveis no mercado. Independente de quanto tempo estes profissionais estão no mercado, alguns deles buscam se especializar em suas áreas de atuação.

Quando o assunto é o corte de cabelo perfeito, um profissional bem preparado ajuda muito na hora de decidir ou propor o que será realizado no corte. Além de uma boa formação técnica em corte, entra aqui uma outra formação profissional que ajuda a resolver o problema dos indecisos: o visagismo.

“Estamos vivendo a chamada Era da Experiência. O cliente busca cada vez mais um resultado personalizado. O visagista é o profissional que foi preparado exatamente para buscar um resultado que transmita o que cada cliente precisa ou deseja” é o que afirma Léo Costa, visagista no salão Toca Hair em São Paulo.

Apesar de parecer algo simples, um corte indevido, ou que não transmita o que a pessoa deseja com o seu visual, será capaz de trazer problemas em diferentes níveis. Além da chateação por não atender à expectativa inicial, um corte ruim pode fazer com que a pessoa se sinta insegura e até mesmo com baixa autoestima para seguir o seu dia a dia.

Com um trabalho totalmente personalizado é possível identificar as necessidades de cada pessoa. “Identificamos os traços físicos e os temperamentos de cada cliente, podendo assim oferecer as melhores alternativas para que o seu visual esteja totalmente alinhado com o que se deseja. Isso vale para maquiagem, cabelo, barba, sobrancelhas, e o que mais for compor o visual”, lembra Débora Belissi, visagista, cabeleireira e maquiadora no salão Toca Hair, em São Paulo.

Ao cortar os cabelos, em geral a sensação é de limpeza, leveza e até mesmo de renovação, principalmente para as pessoas que ficam mais de 90 dias sem cortar. Além de tudo isso, é de extrema importância que o resultado final esteja de acordo com a expectativa gerada antes do corte. Para que essa experiência não seja negativa, é válido escolher bem o profissional que vai conduzir a mudança.

Léo Costa, visagista, gestor e educador reforça “É necessário olhar para o cliente, enxergar e entender que não se trata apenas de cabelo. A cabeça está ligada a um corpo que existe dentro de um contexto único. É preciso saber o que o visual como um todo expressa. É preciso ouvir e entender claramente o que o cliente espera como resultado.”.

Quando se fala em visagismo, há algumas pessoas que tem certo receio, por acreditarem que um visagista precisa obrigatoriamente fazer uma transformação, principalmente nos cabelos. A verdade é que esta transformação pode acontecer, desde que após uma consultoria se identifique que ela é necessária, mas antes de qualquer ação, ela precisa ser entendida e aceita pelo cliente.

“Para nós, o mais importante é que o cliente saia satisfeito e se identifique com o novo visual. De nada adianta fazer um corte ou uma cor que está na moda, mas a pessoa olhar no espelho e não se encontrar. A palavra final é sempre do cliente. Nosso papel é mostrar as possibilidades para atingir o objetivo que o cliente deseja.” É o que afirma Léo Costa sobre o corte de cabelo com visagismo.

Website: http://www.belezapersonalizada.com.br






iCrowdNewswire




Tags:    Wire, Portuguese