iCrowdNewswire
Spain Brazil Russia France Germany China Korea Japan

Artificial Intelligence driven Marketing Communications

Jun 14, 2019 1:40 PM ET

Maus hábitos em casa podem desencadear doenças respiratórias


iCrowd Newswire - Jun 14, 2019

As alergias respiratórias mais comuns são a rinite alérgica e a asma, principalmente em crianças e adolescentes. Algumas características comuns nos casos de crise de rinite alérgica são: nariz entupido, coceira, espirros sucessivos e muitas vezes corrimento nasal. Já a asma, apresenta um quadro de tosse, falta de ar e chiado no peito.

Apesar dos sintomas serem básicos nesses tipos de alergia, é importante que se consulte um médico, de preferência especialista, para a obtenção de um diagnóstico mais preciso. Deve-se ter em mente que muitas vezes os sintomas dessas alergias são confundidos com os de gripes ou mesmo de resfriados.

Normalmente, as pessoas que apresentam quadros de alergias respiratórias já têm uma predisposição a sofrer com seus efeitos. Um fator que contribui substancialmente toda vez que se trata de alergia respiratória é o ambiente. Ácaros, fungos e uma série de outros microrganismos dispersos pelo ar, são alguns dos elementos diretamente ligados ao desencadeamento de crise de pessoas alérgicas.

E a umidade na grande maioria das vezes é a responsável para que isso aconteça, pois é ela a responsável pela disseminação dos microrganismos. Ela é uma inimiga silenciosa e muitas vezes não se nota o problema até que a situação se torne crítica. Em muitos casos, a umidade só é percebida quando se formam manchas na parede, ou seja, num estágio bem avançado.

Há ainda uma questão relevante hoje, a maneira como as pessoas enxergam o problema da umidade.  Muitos, infelizmente, não entendem que o ideal é que a umidade esteja entre 50% e 60%. Boa parte das pessoas considera que o ideal é que sempre se tenha umidade no ambiente. Quanto a isso, o Dr. Roberto Martins Figueiredo, o Dr. Bactéria, sempre simpático e bem-humorado faz uma observação importante: “Foram colocando nos quartos umidificadores, bacias com água, toalhas molhadas, criavam uma atmosfera amazônica no quarto do filho e achavam que este, à noite, iria virar uma samambaia e que iria absorver a umidade ambiental. Na verdade, esta umidade (acima de 70%) criava um ambiente propício para os principais responsáveis pelos processos alérgicos, isto é, mofo e ácaros”, pontua ele.

Os médicos especialistas indicam umidificar as vias áreas internas para obter melhoras no quadro clínico, e isso acaba confundindo a população. Por isso, inalação com soro fisiológico é tão indicado nesses casos.

Outra observação do Dr. Bactéria, diz respeito a “poluição” dentro de nossas casas: “Na poeira doméstica encontramos fibras de tecidos, escamas de pele humana, partículas de comida, além de bactérias, fungos, outros germes e ácaros. Isto forma um coquetel que vai desencadear processos alérgicos (asma, rinite e dermatites) em pessoas susceptíveis”.

Como se pode perceber o uso de um desumidificador é fundamental e ajuda a restabelecer a salubridade de um ambiente. Ele vai manter a umidade dentro dos níveis ideais para a saúde humana. Além do mais, através do seu sistema de filtragem, retira impurezas do ar, como as partículas suspensas.

Os desumidificadores desempenham papel importantíssimo, principalmente por ser, o nosso, um país tropical. Nas estações de temperaturas mais elevadas, como primavera e principalmente verão, a umidade é mais elevada em função do alto volume de chuvas. Já nas estações onde as temperaturas são menores, como outono e inverno, são nossos hábitos que acabam levando mais umidade para dentro de casa, seja com o hábito de tomar banho seja pelo cozimento de alimentos.

Também é comum que com o frio as pessoas prefiram ambientes fechados, o que também piora os casos de alergias respiratórias. Outra grande vilã no caso das alergias respiratórias é a fumaça dos cigarros. Por isso, deve se evitar ao máximo a fumaça de cigarros, principalmente em ambientes fechados.

Um outro alerta importantíssimo do Dr. Bactéria diz respeito ao uso de equipamentos umidificadores: “Evitar colocar no ambiente umidificadores que produzem vapor e aumentam demasiadamente a umidade ambiental, assim como, evitar deixar toalhas molhadas (esquecidas ou colocadas propositalmente) no ambiente e, principalmente, utilizar desumidificadores de ar Desidrat.

Os Desumidificadores Desidrat da Thermomatic são produzidos dentro da mais alta tecnologia e foram desenvolvidos especialmente para controlar com precisão os níveis de umidade em qualquer ambiente.

Quer saber mais sobre como prevenir as alergias respiratórias? Acesse: https://www.thermomatic.com.br/fique-por-dentro/desumidificadores-para-alergia-respiratoria.html

 

Website: http://www.thermomatic.com.br






iCrowdNewswire




Tags:    Wire, Portuguese