Mercado consumidor exige adaptação de corretores de imóveis – iCrowdNewswire
  • Spain
  • Brazil
  • Russia
  • France
  • Germany
  • China
  • Korea
  • Japan
 
x

RSS Newsfeeds

See all RSS Newsfeeds

Apr 17, 2019 1:20 PM ET

Subject to Terms of Use.

Mercado consumidor exige adaptação de corretores de imóveis

iCrowdNewswire - Apr 17, 2019

No último relatório da Digital in 2018, divulgado pela serviços online We are  Social e Hootsuite, o Brasil ocupava o 3° lugar no ranking de países  com maior tempo de conectividade à internet, uma média de 9h14 por dia. Os dados levantados ainda  indicam que atualmente 4 bilhões de pessoas estão conectadas à rede.

Essa hiperconectividade e hiperinformação tem criado usuários mais independentes e é exatamente essa independência e facilidade de encontrar  dados e resultados na internet que a profissão de corretor de imóveis tem sofrido questionamentos. A grande questão: com sistemas cada vez  mais completos e clientes independentes, o corretor de imóveis estaria obsoleto?

Embora seja um questionamento válido diante da hiperinformação, anúncios e sites que prometem resultados em um clique, é um consenso no mercado imobiliário que o corretor de imóveis é vital para o processo de vendas.

Isso porque de acordo com especialistas da área, nenhuma tecnologia é capaz de suprir a necessidade do contato humano e é exatamente essa parte que o corretor acrescenta no processo de vendas. A interação com o outro desperta uma confiança que só é possível com a presença.

Corretores de imóveis precisam adotar novas tecnologias

Apesar disso os desafios do corretor de imóveis, sobretudo, profissionais acostumados com métodos e processos tradicionais, podem aumentar com a tecnologia.

Mesmo sendo parte vital do processo, com tanta informação e clientes cada vez mais exigentes, o corretor precisa estar engajado com a tecnologia e fazer uso de novos recursos, afinal, o cliente que é constantemente bombardeado com uma pluralidade de informações e opções precisa do auxílio de um profissional capacitado que o ajude a escolher a melhor opção, levando em consideração suas necessidades e preferências.

A transformação digital e o impacto no trabalho do corretor

Quando processos e ferramentas tecnológicas estavam longe de serem palpáveis, o corretor de imóveis recorria a ligações, listas frias de clientes, plantões em stands de vendas, além de um controle totalmente manual de seus contatos e vendas, feitos em planilhas e cadernos.

De acordo com profissionais da área, nesse período antitecnologia, corretores perdiam muito tempo solicitando informações sobre espelho de vendas e tabela de preço através de emails e ligações, sem um acesso imediato a essas informações.

Esse cenário que era um meio comum para os corretores tem sido transformado diariamente. Com tecnologias à disposição, o cliente se tornou totalmente digital, desde a forma como busca por um imóvel, até como prefere visualizar suas informações.

O mercado, cada vez mais consciente dessas mudanças, hoje já oferece visualização do imóvel por plantas 3D, navegação 360° guiada pelo empreendimento sem sair de casa e até mesmo negociação da compra e envio de documentação e proposta comercial pela internet.

Essas mudanças tragas pela necessidade de readaptação do mercado imobiliário estão veemente ligadas a importância e lugar que a tecnologia passou a fazer parte no dia a dia das pessoas. Para Glauco Farnezi, CEO do app Facilita, “existem dois fatos importantes que a transformação digital trouxe para o mercado imobiliário. Primeiro é que a tecnologia irá substituir e otimizar grande parte dos processos operacionais de uma venda, isso proporcionará maior agilidade, transparência e controle para todos os envolvidos em uma venda: construtoras, corretores e consumidores. Diante do primeiro fato, entra como consequência o segundo fato. O corretor que executa apenas processos “operacionais” de uma venda com certeza será substituído. O corretor que está preparado para utilizar a tecnologia a seu favor (como por exemplo o controle dos atendimentos, agilidade e precisão nas informações com os clientes), e executar processos “humanos” (como por exemplo capacidade de relacionamento e persuasão, entendimento profundo do mercado, especialista nos produtos que comercializa) com certeza terá um crescimento e será desejado no mercado.”

O corretor de imóveis precisa diante de todo esse cenário, entender que a tecnologia está disponível para facilitar processos e não é, de forma excludente. De fato, empresas do mercado que utilizam ERPs e CRMs notificam no dia a dia empresarial a diferença em ter uma maior integração entre processos e pessoas.

Diante disso, é válido reforçar que a profissão do corretor de imóveis não está ameaçada por nenhum desses avanços. Entretanto, é importante que o corretor imobiliário se adapte às tecnologias e a mudança do consumidor.

Website: https://www.appfacilita.com/

Via iCrowdNewswire
Tags: Wire, Portuguese
View Related News >