- iCrowdNewswire
  • Spain
  • Brazil
  • Russia
  • France
  • Germany
  • China
  • Korea
  • Japan
 
x

RSS Newsfeeds

See all RSS Newsfeeds

Jun 14, 2018 4:00 PM ET

Consultas mais acessíveis levam novos pacientes aos consultórios de psicólogos

iCrowdNewswire - Jun 14, 2018

O crescimento estimado da economia brasileira abaixo de 2% em 2018, segundo os dados divulgados em 11 de junho pelo Relatório Focus do Banco Central, mostra que algumas das grandes preocupações dos brasileiros, como o desemprego, o endividamento familiar e a queda da renda, continuarão a ser motivo de estresse para a maior parte da população, ao menos durante um futuro próximo.

A Saúde não está imune à crise, mesmo sendo apontada como uma das três prioridades do brasileiro, segundo pesquisa da Confederação Nacional da Indústria.

O número de associados a planos de saúde, por exemplo, vem caindo desde 2014. Foram mais de 3 milhões de usuários desligados dos convênios nos últimos 3 anos, de acordo com dados da ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar).

Atualmente 69,7% dos brasileiros não possuem plano de saúde – seja individual ou empresarial. Se olharmos somente para as classes C, D e E, o percentual chega a 77%.

 

DIFICULDADES ECONÔMICAS PODEM POTENCIALIZAR A DEPRESSÃO E A ANSIEDADE

Para os brasileiros, a dificuldade econômica pode estar servindo como combustível para o crescimento da incidência de transtornos psicológicos e psiquiátricos.

Uma pesquisa global divulgada em 2017 pela Organização Mundial da Saúde (OMS) sobre Depressão e outras doenças traz estatísticas preocupantes sobre a saúde mental e emocional do brasileiro. É natural imaginar que o estresse decorrente da dificuldade financeira, a preocupação com o emprego, com a violência urbana, entre outras, estejam entre os fatores que colocam o Brasil entre os líderes mundiais de Ansiedade e Depressão.

Segundo a entidade, nosso país tem a maior incidência de Depressão da América Latina: 5,8% dos brasileiros sofrem com a doença, que pode levar a uma piora expressiva da qualidade vida da pessoa afetada. A depressão é apontada como a principal causa de incapacidade em todo o mundo e aumenta a propensão a outros problemas de saúde importantes, como as doenças cardiovasculares, psiquiátricas, entre outras.

A OMS aponta, porém, que menos da metade das pessoas que sofrem com a Depressão (em muitos países, menos de 10%) têm acesso aos tratamentos, que incluem práticas como ativação comportamental, terapia cognitivo-comportamental e psicoterapia interpessoal ou medicamentos antidepressivos.

Quando o assunto é Ansiedade, a situação do brasileiro é igualmente preocupante: 9,3% de prevalência – a maior do mundo – e um crescimento de 14,9% em 10 anos.

 

CUIDAR DA SAÚDE MENTAL E EMOCIONAL EM TEMPOS DE CRISE

Com o objetivo de facilitar o acesso à saúde particular, inclusive para doenças emocionais, o portal Nossos Doutores, lançado no final de 2017, permite que internautas encontrem profissionais da saúde e agendem online suas consultas, a preços acessíveis. A empresa tem profissionais em São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba e Brasília, e ainda em 2018 expandirá a operação para outras cidades.

Helder Conde, diretor de operações do portal, explica que “o objetivo é permitir o acesso não só a médicos, mas também a outros profissionais da saúde, como psicólogos, dentistas, nutricionistas, fisioterapeutas e fonoaudiólogos”.

As estatísticas do site indicam que um terço dos usuários buscam consultas com psicólogos. “Isto mostra como as pessoas estão interessadas em cuidar da saúde emocional, especialmente em tempos de crise prolongada, em que elas se sentem mais fragilizadas”, explica Helder Conde.

Solange Maia, diretora comercial da empresa, destaca que “os psicólogos se mostram muito receptivos à proposta, porque entendem que, especialmente frente à crise, as pessoas precisam de acompanhamento psicológico de qualidade, mas com preços de consulta mais acessíveis”.

Os profissionais são livres para definirem seus preços de consulta no site. Segundo Solange Maia, “a maioria deles compreende o cenário econômico e entende que nosso objetivo não é, em absoluto, estimular a redução dos preços, mas levar mais pacientes aos consultórios”. Os preços de consultas com psicólogos no portal variam conforme o perfil do profissional, localização e disponibilidade de agenda, e são cerca de 30% abaixo da média de mercado.

 

INFORMAÇÃO AO PACIENTE AJUDA NA ESCOLHA PELO PROFISSIONAL

Antes do advento da internet, as consultas marcadas pelos planos de saúde normalmente envolviam uma decisão muito simples por parte do paciente: escolher no catálogo do convênio a especialidade do profissional desejado, e simplesmente agendar com aquele mais próximo à sua casa. Mas, segundo Helder Conde, “o paciente hoje é muito mais criterioso, especialmente quando a consulta é particular. O processo de escolha por um profissional é mais pessoal do que era no passado”.

No Nossos Doutores, ao fazer uma busca o paciente escolhe a especialidade e informa sua localização. A página lista os profissionais em ordem de proximidade dele. Mas, além disso, oferece também informações adicionais sobre cada doutor, como a foto do profissional, imagens do consultório, currículo, agenda disponível, matérias e até vídeos.

“Especialmente quando se pensa em uma relação que trata de questões muito íntimas, como a que se tem com um psicólogo, a empatia com o profissional é fundamental. O vídeo de apresentação ajuda o paciente a escolher o profissional com quem ele mais se identifique”, explica Solange Maia, diretora comercial.

Além disso, os profissionais também participam de matérias, que ficam disponíveis no blog Nossos Doutores, que aborda assuntos de saúde, incluindo temas de psicologia, como depressão, ansiedade, problemas de relacionamento, luto, entre outros. Segundo os diretores do portal, é uma forma de ajudar o paciente a se informar, reconhecer e validar que seus os eventuais problemas emocionais podem requerer a ajuda de um psicólogo.

Solange Maia destaca que “ainda que a dificuldade econômica seja um motivo de preocupação, iniciativas como o Nossos Doutores possibilitam que os pacientes trabalhem seus conflitos emocionais junto a psicólogos de sua confiança, em consultas compatíveis com suas possibilidade financeiras. Com isto, poderão se sentir mais seguros e até sair do período de crise financeira de modo mais fortalecido do que entraram”.

Website: https://nossosdoutores.com.br

Via iCrowdNewswire
Tags: , Wire
View Related News >